quinta-feira, 27 de setembro de 2012

INTROSPEÇÃO


Tenho uma vontade enorme de me expressar.


Sinto-me
GRANDE
pequena
A-C-H-A-T-A-D-A


VOU GUARDÁ-LA  EM MIM.

Introspecção.

Pensei, repensei, e decidi: bajular.
Algo temático deslizou por entre aquelas ligações cinzentas exteriormente e com um interior enublado, doente, insano, saindo do palco.
Estou nua perante uma câmara raio-x pronta para uma viagem intra-corporal angustiante. A máquina está a avançar estou a ver osso, osso, osso, caixa torácica, muita coisa, cheguei. 
VAZIO, transfigurado, cinzento: a alma. A minha cognição perdeu o vínculo entusiasta com a definição de ser. Está tudo demasiado disjunto e sórdido. Doentio. Ajudem-me, a anestesia chegou bem for....

terça-feira, 25 de setembro de 2012